top of page

Curiosidade animal: Saíra-sete-cores

Você já ouviu falar da saíra-sete-cores?



Saíra-sete-cores, saí-sete-cores ou saíra-de-bando são os nomes comuns deste passeriforme da família Thraupidae. Seu nome científico, Tangara seledon, significa "tangará (em tupi) = dançarino", em razão das acrobacias que faz durante seu forrageamento, e "seledon (céladon, em francês) = verde claro".


Seu complexo padrão de coloração é marcado por diversas tonalidades: turquesa, verde-amarelo, preto, azul violeta, amarelo-alaranjado, azul turquesa, verde e verde-claro. Machos possuem plumagem mais complexa e brilhante. As fêmeas possuem cores menos intensas e os jovens são menos coloridos. Medem cerca de 13,5 cm e pesam, em média, 18 g.


Muito comum no Sudeste brasileiro, tem-se registro desde a Bahia até o Rio Grande do Sul. Costuma ser encontrada em floresta atlântica e em matas baixas do litoral, principalmente. De dieta frugívora e/ou insetívora, o forrageamento se dá aos pares ou em bandos de até 20 aves. Podem também viver em bandos mistos com outras espécies.


É uma ave monogâmica. A reprodução ocorre entre novembro e fevereiro. Os ninhos podem ser vistos na vegetação ou nas plantas entre troncos e galhos.


Apesar de classificada como "Pouco Preocupante" na lista da IUCN, a fragmentação das florestas e a caça para o comércio de animais silvestres são ameaças que já têm como consequência o declínio populacional desta espécie em algumas regiões brasileiras.


Fonte: Wikiaves

 



Comments


bottom of page