top of page

26 de julho: Dia Mundial dos Manguezais

O manguezal é um ecossistema de grande importância social, econômica e ecológica para a região costeira.

Ocupando cerca de 10.000 km² da costa brasileira, o manguezal envolve 80% da costa amazônica e abrange diversas áreas protegidas como Reservas Extrativistas, territórios indígenas e quilombolas.


No contexto socioeconômico, em razão de sua biodiversidade e beleza cênica, é essencial para a pesca e turismo locais. É do manguezal que muitas comunidades tiram seu sustento diário através da pesca de peixes e a coleta de crustáceos. Passeios náuticos, como o "Passeio do Delta", são populares na região do Delta do Parnaíba, levando diversos turistas a movimentar a economia.


Berçário de espécies marinhas ameaçadas como o peixe-serra (Pristiformes), o manguezal abriga diversas espécies de peixes, mamíferos, aves, répteis, crustáceos e outros invertebrados. A estrutura de raízes dos mangues garantem uma proteção natural frente à ação das ondas do mar em zonas costeiras, garantindo que estas ondas sejam amortecidas rumo ao continente. Além disso, são altamente eficazes no sequestro de carbono.

O manguezal é um dos ecossistemas brasileiros mais ameaçados. Segundo a WWF, estima-se que 40% dos manguezais do Nordeste e Sudeste já foram desmatados pela expansão imobiliária e fazendas de camarão. A poluição por resíduos sólidos, a sobreexplotação de espécies e o vazamento de óleo por navios também são graves problemas que afetam diretamente a saúde deste ecossistema.


Fonte: WWF

 

Comments


bottom of page